Print

Tamburello: pagamento está mantido para abril

  • Data
    11.03.2013

 

Em audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), na tarde desta segunda-feira (11), os advogados da Eletronorte, Advocacia Geral da União (AGU) e sindicatos mantiveram o acordo para o pagamento da Curva Tamburello, em abril.

O juiz Fernando Gabriele Bernardes definiu, e ficou acordado, que a União tem até 22 de abril para se manifestar sobre a homologação do processo. Depois disso, a Eletronorte tem cinco dias para realizar o pagamento da primeira parcela do passivo. “O que fizemos foi preservar a data de pagamento”, destacou o advogado Marcos Rezende.

Os advogados da AGU queriam prazo maior, o que seria de pelo menos 45 dias e no máximo 60. Gabriele não se convenceu de que o tempo solicitado era razoável. Rezende frisou que a classe trabalhadora não aceita, de forma alguma, que o primeiro pagamento ocorra em outra data que não seja abril. “Estamos discutindo esse acordo há pelo menos dois anos e não há mais clima para a categoria aceitar isso”, disse.

Rezende destacou ainda que a manifestação da AGU é sobre a economicidade do passivo. Nesse sentido, está evidente que este processo é vantajoso para a empresa, uma vez que a categoria abriu mão de mais da metade do valor para receber, de uma vez por todas, o valor devido.

 

فروشگاه اینترنتی خرید اینترنتی فروشگاه اینترنتی دستبند پاور بالانس شارژ ایرانسل گن لاغری اس ام اس تبليغاتي